In livros resenha

A Máquina de Contar Histórias - Maurício Gomyde.


Olá meus caros leitores!
Esta semana, consegui trazer 2 resenhas, que maravilha não? Li o livro em 2 ou 3 dias, não sei muito bem, por exato, mas, enfim, fico feliz por ter terminado. Fiquem com uma breve sinopse, antes das minhas considerações.

Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou “A Maquina de Contar Histórias”, o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar.
Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V.
Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.

Agora vem uma breve dissertação sobre a história.

Em uma noite em mais de um de seus, “PRESTIGIADOS”, eventos de suas obras, até quando ele saiu do evento, e indo para o Hotel onde estava hospedado, ele, olhou seu celular que vibrava sobre sua cômoda, e viu o tanto de ligações de sua filha mais velha, Valentina, e quando retornou a ligação, quem atendeu foi Lourdes, a governanta da casa de Vinícius, ele recebeu a noticia de imediato, que sua esposa havia falecido, pediu para falar com a filha mas ela não queria falar com ele. Chorando, pediu ao seu acessor para que fossem embora, porque havia acontecido. Ele pegou o primeiro voo, para São Paulo. Não me lembro muito bem mas ele foi para o cemitério, ficou desesperado quando entrou em uma das salas e não viu ninguém conhecido lá, molhou a mão de um coveiro para que o levasse até onde estava acontecendo.

Chegando lá, viu que o caixão já estava na cova, e viu o sofrimento de sua filha, Vida, a mais nova, correu em seu encontro, com perguntas inocentes. Viu que Valentina, iria fazer um discursso. As palavras que a menina, disse foram de extrema doçura e eu, particularmente, fiquei emocionado, e em meio disso, ela disse que havia escrito um livro com sua mãe e jogou as folhas dentro da cova, e um punhado de terra. Até que os coveiros começaram a tapar tudo, ele tentou falar com ela só que ela passou direto e Lourdes, as levou para o carro e ele disse para que esperassem, ficou lá um pouco com Viviane, sem saber o que fazer da vida a partir dali, até que o motorista dele, o chamou para ir embora, na volta pra casa, ele e Valentina brigaram no carro e chegando em casa, a menina se trancou no quarto e não saiu mais. Ele por sua vez, ficou angustiadoe foi dormir no quarto dos hospedes, pois não queria entrar lá.


Ficou no seu escritório, relembrando a sua história com a sua esposa e como era maravilhoso viver aquilo, ao seu lado. – Emocionante.
Em certo ponto, depois de muita coisa, ele decide propor uma viajem a Valentina que promete pensar, e até que ela aceita, as condições eram: Só serão alguns dias, se não gostar voltamos para o Brasil. Em meio disso tudo há muitas surpresas e emoções que valem a pena de se ler, não me arrependo desta leitura.

O livro já me ganhou pela capa, e o titulo, amei, amei. Quando comecei a ler aquele conteúdo, de muito valor e com frases cheias de emoção e bem expressadas, eu percebi que estava no caminho certo, e que queria realmente continuar aquela leitura maravilhosa. A cada capítulo eu viajava, para outro e outro e outro, até que eu “INFELIZMENTE”, terminei o livro – Muito triste isso de verdade – É a vida de um escritor, os seus sentimentos, seus pensamentos, e como ele vai reconquistar todo esse amor nessa história emocionante, hãm, leiam o livro, garanto que vale a pena. Uma frase que gostei muito do livro foi : Os leitores não compram os livros, compram emoções. – Desculpem-me se não é assim, não me lembro muito bem. 

O livro me agradou de todas as formas, na diagramação, na capa, na escrita, em tudo. E conquistou um pedaço do meu coração e vai para minha prateleira com muito carinho então a classificação final será de: Favorito!!!! Eu me apaixonei pelo livro. – Obrigado Gomyde, por ser meu parceiro.


Autor: Maurício Gomyde
Gênero: Drama/Ficção Brasileira
Editora: Novas Página- Novo Conceito
Páginas: 191

Posts relacionados

10 comentários:

  1. Me falaram suuuuuuuuuuuuuuper bem desse livro! Comecei a ler ele por e-book mas eu não gostei tanto assim não... Aí eu desisti, pq né...

    Daniel Santos | Cabana Literária - www.cabanaliteraria.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel, eu já o achei demais, e ainda mais essa capa maravilhosa. Que pena que não gostou...

      Excluir
  2. Oi Victor :)

    Eu ameeeeeeeeeeeei esse livro tanto quanto você! Maurício é um ótimo escritor, um dos melhores nacionais que já li. A história do livro é bem simples, mas ele modelou com maestria e merece todo sucesso do mundo!
    Estou animada para ler mais obras do Gomyde.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol!!! :D

      Eu também amei, o livro e é verdade, Maurício é um dos melhores escritores nacionais que já li. A história por ser simples e ter uma desenvoltura do tipo merece realmente o sucesso que uma Kiara Cass tem!!! ou maior ainda hahahah;

      Beijos

      Excluir
  3. Aaaawn, quero ler logo e conhecer a escrita do Gomyde!
    Parece ser tão lindo! *-* E a capa é muito perfeita msm.
    Vc chorou lendo? Acho que teve gnt que chorou kkk
    Adorei a resenha amigo!
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei emocionante, de verdade, é um livro simples, porém o conteúdo é demais! De verdade. Muito bom Amiga, e, Obrigado.

      Beijocas

      Excluir
  4. Uouuu, que resenha em Victor, agora entendi a empolgação pelo livro, parece ser maravilhoso. Parabéns pela resenha.


    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Joi!!! É maravilhosamente ótimo.

      Beijocas

      Excluir
  5. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
    Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. deixo a benção de Deus.
    António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Victor! Esse livro é um encanto, não é? Li em dois dias, a leitura flui e a gente lê e vai lendo... e a história rende mesmo. Eu amo a escrita do Gomyde, é cheia de amor e de uma doçura e simplicidade encantadora. Sou fã!
    Parabéns pelas imagens da resenha.

    Também fiz uma resenha sobre o livro, quiser passar lá no blog:

    http://blogvidaeletras.blogspot.com.br/2014/10/resenha-maquina-de-contar-historias-de.html#comment-form

    Abraço,
    Diego França
    Blog Vida & Letras

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!