In filmes/séries

Deus Não Está Morto - Crítica.



Olá meus caros leitores! Quanto tempo não?!

Hoje venho com a minha segunda resenha de filmes em quase 6 meses de existência de blog, e minha amiga e eu vamos procurar postar mais novidades sobre filmes e series que além dos livros é um ótimo assunto.

Vamos à uma breve sinopse.

Não recomendado para menores de 10 anos.
Quando o jovem Josh Wheaton (Shane Harper) entra na universidade, ele conhece um arrogante professor de filosofia (Kevin Sorbo) que não acredita em Deus. O aluno reafirma sua fé, e é desafiado pelo professor a comprovar a existência de Deus. Começa uma batalha entre os dois homens, que estão dispostos a tudo para justificar o seu ponto de vista - até se afastar das pessoas mais importantes para eles.

No principio é apenas um jovem religioso entrando para a faculdade, em uma turma de filosofia com o professor Jeffrey Radisson. Só que ele é avisado de que aquele professor tinha algo que não agradaria a nada para ele, na hora em que estava se inscrevendo para as turmas, só que ele não ligou. E na primeira aula, ele começou a sofrer na mão do professor.
Um professor totalmente ateu e induzi a todos os seus alunos a serem ateus. E para Josh, isso é horrível e na primeira atividade que era:
"Escrever 'DEUS ESTÁ MORTO' em uma folha de papel e assinar." 
Josh foi ridicularizado pelo seu professor e se sentiu mal, só que a sua fé é grande e ele começa a defender a Deus como nunca fizera na vida. E a partir daí, ele tem que dar palestras para defender a sua ideia sobre Deus estar vivo.
No meio disso tudo, há uma jornalista de um blog de notícias que é diagnosticada com um câncer e está morrendo, mas não sei se eu não prestei atenção, ou se era mesmo, mas não houve nada sobre ela depois da sua última cena no filme. (Isso me deixou com dúvidas).
Na sua primeira palestra à classe, ele é ridicularizado pelo professor e humilhado. Só que nada do que o professor diz ou faz, abala a sua fé. Ele perde um namoro de 6 anos, por estar defendendo a sua fé e sua namorada não concordar com isso e isso não abala a sua fé.
A blogueira por sua vez é humilhada pelo suposto namorado, e lá ele deixa bem claro que aquele namoro era um contrato para sucesso de ambos, e que ele não estava nem ai. E ela se sente humilhada.
O professor Radisson, é casado com uma cristã e não fala sobre religião para que seu relacionamento não se abale, mas tem uma noite em que o professor diz coisa que ela não gosta e ela resolve deixa-lo. Isso enfureceu ele.
E na sua segunda palestra, Josh consegue chegar onde queria e deixa o Sr. Radisson enfurecido com suas teorias e discursos. Só que o professor ainda sim o enfrenta. E ele diz que houve uma experiência antes de se tornar ateu que o tornou o ateu dos dias atuais. Antes ele era cristão. E em um momento do filme o professor deixa claro o ódio que sente por Deus:

- Ele me tirou tudo - Diz o senhor Radisson.

Será que Josh irá conseguir ir até o fim com a sua fé?! Será que o ponto de vista do professor vai mudar?

No meu ponto de vista, o filme é bom, só que deixa a desejar em muitas partes inclusive na da jornalista, foi a parte em que menos entendi. Só que a fé em que o garoto tem é a melhor coisa de todo o filme, porque o professor perdeu tudo e o garoto quase tudo mas ele não se deixou abater e foi a luta.
 
A classificação final fica ai com 3 estrelas.




Ano de Lançamento: 2014
Duração: 1h54min
Gênero: Drama, fé e espiritualidade.
Diretor: Harold Cronck
Nacionalidade: EUA


Posts relacionados

8 comentários:

  1. Olá!
    Vi algumas pessoas falando desse filme, mas não me interessei em procurar saber mais, até que eu vi sua resenha!
    Eu não tenho vontade de ver filmes religiosos ou que discutem religião, mas a sinopse desse pareceu bem interessante.
    Adorei o post, bjjs :* | http://curtindoavidalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Cara tipo o filme é "bom", não tem muito de especial sabe?
      Mas em partes ele é interessante. E obrigado.

      Beijos.

      Excluir
  2. Ótima resenha, tô com a maior vontade de assistir esse filme.

    {Blog Pensamentos Irreais}  {Twitter}   {Fan Page}


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jean! Veja acho que vai ser até bom cara.

      Excluir
  3. Oi Victrola, estou querendo muito ver esse filme, ele me chamou bastante a atenção... Mas quem disse que me lembro de ver?

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joi!
      O tema é bem pesado e chamativo não é?! Ai da aquele receio de assistir, como eu sou religioso e ainda mais de criticar um filme assim, é tipo uma missão impossível, mas a gente faz o que pode. hahahahahaha se lembra sim, da próxima vou te lembrar.

      Beijos

      Excluir
  4. Só pela resenha o filme é PERFEITO! Eu me imagino ali, defendendo a religião, mas como não sou naaaada calmo, já ia mandar o professor para PQP em todas as aulas com ele, hahahaha...

    Até Mais ! O/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahhaha tipo eu! Eu imaginava um filme assim até que eu tomei coragem pra assistir e meu, é bem legal! Recomendado.

      Até!!!

      Excluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!