In

transcendente - filme.



 Oi gente! 


Eu vim hoje meio tarde eu sei, mas ter só um computador en casa e ter uma mãe universitária dificulta um pouco as coisas. 



Bem eu vim com a resenha do filme transcendente, interpretado pelo ator Johnny Depp. 




Espero que gostem. 




Vamos lá!!! 





SinopseO Dr. Will Caster (Johnny Depp) é o mais notável pesquisador no campo da Inteligência Artificial. Ele trabalha no projeto de criação de uma máquina consciente, capaz de combinar a inteligência coletiva de tudo o que existe com todas as possibilidades de emoções humanas. Os experimentos altamente controversos trouxeram fama ao cientista, mas também o transformaram no alvo principal dos extremistas antitecnologia, que farão o que for necessário para destruí-lo. Contudo, na tentativa de calá-lo, os extremistas acabaram, inadvertidamente, sendo os catalisadores do maior sucesso do Dr. Will Caster: ter sua mente transferida para o protótipo de um supercomputador e ser, assim, um participante de sua própria `transcendência´. Para a esposa do cientista, Evelyn (Rebecca Hall), e seu melhor amigo Max Waters (Paul Bettany), ambos pesquisadores, a questão não é se eles podem... mas se eles devem seguir em frente com a experiência. O maior temor da dupla é perceber que a infinita sede de conhecimento de Will pode evoluir para uma sede de poder semelhante, cujo desfecho parece imprevisível. No entanto, o que parece terrivelmente claro para os cien tistas é que talvez não exista mais como pará-lo. 



  Will, um homem que passou grande parte da sua vida  estudando as máquinas conseguiu o grande feito de conseguir criar uma maquina com consciência humana, ele e sua esposa Evelyn visão em transformar o mundo. Porém extremistas não gostam da ideia de uma maquina ter as mesmas noções humanas. 




Um atentado contra will coloca ele a beira da morte e sua esposa se vê incapaz de viver sem o marido. Ele a beira da morte se submete a um experimento que fora feito antes em um macaco, transferir sua inteligencia humana para um computador.





Os extremistas ficam sabendo dessa tentativa de salvar a "vida" de will e acabam fazendo de tudo para acabar com aquilo. 





Will consegue avançar na medicina, nos estudos de celulas e acaba evoluindo a raça humana, e até seus amigos se vem meio amedrontados com a evolução do amigo, e acabam se virando contra ele. 





Everlyn se vê em cima do muro, e não sabe se vai embora e deixa o homem de sua vida ou se fica com ele e sofre as consequências por estar ao lado dele. 





Will não é mais o mesmo mais só procura o amor de sua amada everlyn. 





Ele queria mudar o mundo por ela e ela sonhava em melhorar o mundo por ele. 







Gente quando eu vi esse filme eu achei extremamente inteligente e super legal, porque eu adoro esses assuntos sobre a inteligência artificial.  Eu espero que vocês tenham gostado da resenha. E me desculpem por estar postando a essa hora. 




classificação final: 5 estrelas. 





Bem até a proxima postagem. Beijos, beijos da gih. 


Posts relacionados

1 comentários:

  1. Oi Giovana!
    Eu gostei do filme, é meio confuso em algumas partes, mas consegue passar a ideia principal que seria a tomada de controle pelas máquinas, não é um filme muito falado, talvez tenham deixado a desejar um pouco na divulgação. Gostei dos comentários sobre. Abraços, Jonatan.
    coisasdeumleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!