In text

A Compulsividade em Pessoa


 O amor por uma palavra não se compara ao amor a um livro. Sabe quando você ve aquele monte de livros e pira na batatinha? Imaginou? Este sou eu. Compulsivo frenético, mas até que parei de comprar e comprar livros. Tento trazer um alerta pra você que também é assim compartilhando com vocês está experiência "frustrante".
As pessoas sempre me disseram "depois que você começar a trabalhar seu dinheiro vai ser só pra livros" e eu dava risada, porque pra mim é normal, comecei a trabalhar e assim que eu vi uma livraria linda, bela e ultra, super, mega power, só entrei e conheci. Depois de uns dias eu voltei lá e comprei três lindos livros sobre assuntos que estavam latejando na minha cabeça. Sinceramente três livros é demais pra mim! Vocês acham que eu já li? Claro que ainda não, nenhum. Apenas começei a ler um estava interessante, mas eu comprei mais livros e mais livros e mais livros e quando fui ver tinha iniciado mais de cinco leituras, minha cabeça estava explodindo. Em meio a esse monte de livros adquiridos através da minha compulsividade chegou mais um agradinho da giz editorial o livro "O Plano é o Amor - Neiva Meriele", estou me segurando para não ler.
Sinceramente sai dessa a uns dias porque já não dava mais, me enrolei tanto que até agora não terminei nenhum livro. Vou parar tudo e ler um por um como a professora da sala de leituras da minha escola recomendou. 
E só um aviso não misture leitura e estudos pois estudos tem que ser em um tempo reservado de mente aberta, tempo "agendado", depois explico este termo quando trouxer um dia um vídeo ou uma matéria sobre a minha organização.
Quero apenas ter um amor controlado por livros não compulsivo.


Posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!