In filmes/séries resenha

Kill Bill 1 e 2

Título: Kill Bill 1 e 2
Direção: Quentin Tarantino
Nacionalidade: EUA
Duração: 1h52min/2h15min
Lançamento: 2004
Gênero: Drama, Suspense, Ação

“A Noiva (Uma Thurman) é uma perigosa assassina que trabalhava em um grupo, liderado por Bill (David Carradine), composto principalmente por mulheres. Grávida, ela decide escapar dessa vida de violência e decide se casar, mas no dia da cerimônia seus companheiros de trabalho se voltam contra ela, quase a matando. Após quatro anos em coma, ela desperta sem um bebê e com um único desejo: vingança. “



Assisti quando eu era criança, apesar da restrição para menores e eu amei desde então e claro que iria compartilhar com vocês a minha opinião redigida.

"Vingança é um prato que se come frio"

Beatrix Kiddo/A noiva (Uma Thurman) é espancada pelo grupo de assassinos em que fazia parte por querer levar uma vida normal, longe dos assassinatos, para criar sua filha. Depois de quatro anos em coma ela acorda e jura vingaça pois percebe que sua filha fora roubada de seu ventre.

Considerando o fato de que algumas pessoas ache o filme um filme “catchup”, eu acho até tranquilo e que a justiça é cumprida assim como prometido nas sinopses e o mais surpreendente é a forma como os personagens encaram a morte ao decorrer da história.



É uma das melhores tramas que já vi na minha vida. O titio Quentin sabe como preender o seu público com seus filmes conectados. Portanto considerando o fato de eu amar está duologia e não ter muito o que falar de tanta magnitude darei FAVORITO.



Obrigado por acompanhar o blog! Caso haja alguma sugestão deixe nos comentários. Você também pode me encontrar em minhas redes sociais. 

Posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!