In livros resenha

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne



E ai pessoal! Como vocês estão?

 Devido alguns problemas não postei nada durante algumas semanas, portanto hoje estou voltando e para alegria de muitos fãs do Harry Potter com a resenha do oitavo livro. Farei uma resenha de visão geral, pois não quero atrasar o lado de ninguém quanto as surpresas que espera você que vai ler.

“A OITAVA HISTÓRIA, DEZENOVE ANOS DEPOIS... Sempre foi difícil ser Harry Potter, e não é mais fácil agora que ele é sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças de idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas veem de lugares inesperados. Baseada em uma história original escrita por J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Throne, Harry Potter e a primeira a chegas aos palcos...” 

Sempre o que fica é a primeira impressão, pois a cena mais detalhada do último livro é impressionante e isso contribui para que a leitura fluísse melhor porque houve uma familiarização com momentos que já conhecíamos. O fato de Alvo Severo Potter, filho de Harry Potter com Gina Weasley Potter, ter sido integrado na casa de Sonserina mudou muita coisa na cabeça do garoto afinal o legado dos nomes que ele carregava eram gigantescos e isso os fazia duvidar de muitas coisas.



 O clímax da história é surpreendente e arrebatador porque nos proporciona uma viagem ao longo de toda a história, mas quem leu sabe que o especial é a história do livro quatro, eles dão uma ênfase surpreendente a esta história devido à exploração do potencial do tempo.



 De forma geral a história tem uma ótima lição de superação de diferenças e também nos ensina de que não podemos acreditar em pessoas que “dão ênfase no que são”, - quem leu vai entender - pois elas podem ser outra pessoa. Todo este mistério e esta resenha curta cooperam para que a magia não se perca quando você ler e sinceramente espero que entenda, pois ela está mais viva do que nunca.



 Todo o cuidado com a jacket do livro, assim como a capa e os detalhes entalhados em dourado cooperaram para que tudo saísse perfeito também como a diagramação e isso é maravilhoso, pois prova que Harry Potter não perde a qualidade em nenhum aspecto. Para você que não lê livro nenhum, tão pouco artigos na internet, este livro abrirá muitas portas para você, recomendo para os fãs de Harry Potter e também para as pessoas que repudiam a história garanto-lhes que irão se apaixonar.



 É um livro totalmente merecedor de ser favoritado, pois particularmente amei a história e não tiraria nada nem mudaria pelo simples fato de ter a aparição do Severo Snape me encantou e, além disso, é uma daquelas histórias que te deixa querendo mais. Há muitos comentários na internet alegando ser uma Fanfic e também dizem que “não é das boas”, porém eu não acho isso porque se não tivesse o nome da J.K. Rowling seria sim, mas como o nome dela está lá simplesmente como a roteirista, não tem como ser. Vocês se dão o trabalho de discutir este fator, mas se esquecem de que a mão da tia Jô escreveu este roteiro e apenas pela presença de mais dois nomes acham que não é válida, se este é seu argumento espero que esteja preparado, pois é uma responsabilidade gigantesca criticar uma história como Harry Potter.


Título: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Autores: J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne
Páginas: 345
Editora: Rocco
Skoob: Adicione
Compare e compre!


Obrigado por acompanhar o blog! Caso haja alguma sugestão deixe nos comentários. Você também pode me encontrar em minhas redes sociais.

Facebook | Twitter | Skoob | Youtube | Instagram 


Posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!