In Harry Potter livros

Relendo - Harry Potter e a Pedra Filosofal, J. K. Rowling


Oi todo mundo!

 Quem me acompanha desde 2014 sabe que me apaixonei pela leitura através do universo de Harry Potter e eu achei que seria interessante sentir novamente a sensação de como a magia me envolveu e me proporcionou uma nova perspectiva sobre o mundo. Antes de eu voltar a compartilhar minhas experiências com vocês eu pensei em fazer um quadro de releitura, mas o que realmente me motivou foi ler uma resenha de releitura deste mesmo livro, onde a blogueira dizia que “a magia é como da primeira vez que o li”.


 Harry Potter e a Pedra Filosofal é o primeiro de 7 livros (agora 8) e conta a história de um menino órfão que vivia em um armário sob a escada na casa de seus tios, obviamente chamado Harry Potter, desde sempre Harry era “escravizado” e maltratado pelos tios e primo, mas em uma semana bem atípica para  a família careta Dursley tudo mudou, pois coisas estranhas começaram a acontecer como corujas deixarem cartas de uma Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts em sua porta, com muito custo Harry descobre quem ele realmente é, e salvo por Hagrid embarca nesta aventura com curiosidade e sede por seu passado.



 Nesta aventura o garoto conhece Rony Weasley e Hermione Greanger, seus dois grandes amigos que por consequência do destino também embarcam na aventura.
 Não fiquei surpreso de que a minha reação com o fim da primeira leitura fosse como da primeira vez que fiquei estupefato com o que eu havia lido, pois a magia nos envolve, mesmo que seja a trigésima vez que tenhamos lido, a mágica é a mesma e a percepção da leitura amplia, por exemplo, os detalhes que passam despercebidos vocês os capta e retêm.

 Costumo discutir com meus amigos fãs da saga que J.K. Rowling criou um novo mundo e que talvez este possa ser o mundo verdadeiro, pois são tantos os detalhes pensados que eu imagino “que mulher fodona”, e é interessante como ela trata estes detalhes e os transforma em ações comuns ou elementos comuns em um mix com o mundo real.
 Definitivamente eu me orgulho de ser um fã e com toda certeza este livro não sairia nunca dos meus favoritos, porque a representatividade dele para mim vai muito além das portas que ele me abriu para a literatura, pois os significados de amizade e companheirismo, iminentes na história, também tem um certo valor sentimental para mim. 



Posts relacionados

4 comentários:

  1. Oi Victor, td bem?
    A JK é uma lenda da literatura, só falando assim! Como pode criar um mundo como esse de HP? Já li a saga toda e n sei se relerei um dia, mas estou sempre vendo os filmes mais uma vez hahaha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!

      Realmente ela é uma lenda e uma das maiores escritoras do mundo, na minha opinião. A saga é interessante e este projeto de releitura desperta alguns sentimentos bons quanto a lembranças de como tudo começou.

      Espero que leia algum dia a saga novamente!

      Grande abraço,
      Victor N Souza
      www.cafeidilico.com

      Excluir
  2. Essa releitura é uma boa idéia é como estou comprando agora as versões ilustradas acho que vou reler por elas.
    abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisela!

      É uma releitura de experiência sem qualquer comparação e tem um grande significado pra mim, como você pode notar na resenha.

      Grande abraço,
      Victor N Souza
      www.cafeidilico.com

      Excluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!