In Harry Potter livros resenha

Relendo Harry Potter e a Câmara Secreta

“Os Dursley estavam tão anti-sociais naquele verão, que tudo o que Harry queria era voltar às aulas da Escola de Bruxarias de Hogwarts. No entanto, quando já terminava de fazer suas malas, Harry recebe um aviso de um estranho chamado Dobby, que diz que um desastre acontecerá caso Potter decida voltar à Hogwarts. Harry não liga para aquela mensagem e o desastre realmente acontece. Naquele segundo ano estudando em Hogwarts, novos horrores surgem para atormentar Harry, incluindo o novo professor Gilderoy Lockhart e um espírito chamado Moaning Myrtle, que assombra o banheiro feminino, além de olhares indesejados da irmã mais nova de Ron Weasley, Ginny. Todos esses problemas, no entanto, parecem menores quando o verdadeiro problema começa e algo transforma os alunos de Hogwarts em pedra. Dentre os suspeitos: o próprio Harry. Descubra o fim desta aventura emocionante”. Harry Potter e a Câmara Secreta – 252 Páginas – Editora Rocco – J.K. Rowling – Ano 2001



 Não tenho certeza, mas talvez Harry Potter perderia a graça se não houvesse sempre uma nova problemática com um clímax de tirar o fôlego, para que ele, Rony e Hermione enfrentem em mais um ano letivo de Hogwarts.



 Neste ano Harry estava pronto e ansioso para voltar a Hogwarts, talvez porque sentia falta dos amigos, Ron e Mione, que não lhe escrevia a séculos, ou talvez porque não aguentava mais os Dursleys e suas cafonices. O ano mal começara e as coisas já pareciam estar estranhas ainda mais quando um elfo doméstico, criatura da qual o garoto sequer havia conhecido de perto ainda, aparece em seu quarto em uma hora totalmente inoportuna e traz o aviso de que iriam acontecer coisas terríveis neste ano letivo, desde então nada deu muito certo, na escola por exemplo, acontecem coisas das quais já aconteceram no passado e que traz um certo temor aos bruxos que vem de famílias totalmente trouxas. 


 Infelizmente Harry fica na mira de todos os problemas que estão ocorrendo e querendo ou não, sempre está metido onde não deve.

 Não quero falar da magia que o livro me proporcionou, ou até mesmo das sensações maravilhosas que senti ao rele-lo e sim de como a nossa querida J.K. Rowling construiu este mundo incrível.


 Fico admirado ao perceber que J.K. não criou apenas mais uma história e sim um mundo inteiro – isso você pode perceber devido ao maravilhosíssimo parque do Harry Potter –, e fico estupefato, pois a fluidez da história te prende do início ao fim. É sim um livro que se pode ler em um dia, não pela diagramação que não ajuda nada, mas sim pelo conteúdo, que remete um certo conforto a quem o lê.

 Os personagens por mais bizarros que sejam são cativantes, por mais malvados que sejam, são amáveis, - o Snape por exemplo, é meu personagem favorito ♥ – e bem pensados, agora um dos novos personagens que é inserido a história e desde então amado, por mais feinho que ele seja descrito no livro, eu gostei de Dobby porque ele é simples e sincero, e a liberdade dele talvez remeta algum significado importante para mim.

 A capa não é uma das minhas favoritas, nem de perto o livro, mas é uma capa bonita e bem desenhada, com relevo em dourado no nome “Harry Potter” que dá um certo charme.
 Confesso que a leitura deste livro nos proporciona uma certa proliferação de imaginação, para quem não a tem, e abre o apetite pelo próximo livro da saga, aliás por livros do gênero – aventura.


 Para quem apenas assistiu aos filmes recomendo que inicie já a leitura, pois ler o livro é sempre melhor do que ver o filme que nos traz um conteúdo enxugado e retém várias partes interessantes.

 Particularmente esta saga não me perde a graça, ao contrário, é instigante e desperta em mim disposição para leitura. Vocês têm que experimentar!


Posts relacionados

4 comentários:

  1. Oi Victor!
    Faz um tempinho que li os livros, mas eu amei e estou louca pra reler também. A JK é incrível, né? Sempre deixando a série mais instigante.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamilla!

      Reler a saga é muito bom! Irei fazer aos poucos este projeto, pois quero me dedicar a ver os detalhes que deixei passar nas leituras quando li pela primeira vez. A Jô É COMPLETA, sem dúvidas. Amo ela.

      Grande abraço,
      www.cafeidilico.com

      Excluir
  2. Eu sou suspeito pra falar sobre esse livro. Especialmente pq, quando li pela primeira vez, ainda não existia o filme. Foi incrível imaginar como seriam as personagens e, depois de muita espera, ver como realmente eram de acordo com o filme!
    Lembro de uma noite em que a autora descreve o voo de Rony na vassoura de Harry de uma forma tão perfeita que, eu saí na rua, olhei para o céu estrelado, senti o vento frio no rosto e tudo o que eu mais queria era uma vassoura pra poder sair voando ali!
    Saudade desse tempo que não volta.
    Acho que me perdi em meio ao comentário, mas... Acho que é isso!
    Um abraço!
    http://ocoracaodomenino.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Douglas! Tudo bem?

      Rapaz que ditos bonitos rsrsrs Eu não estava presente nesta época, mas eu consigo imaginar o quão especial era esperar o próximo livro e enfim saírem os filmes, eu iria pirar totalmente! rsrsrs

      Grande abraço,
      www.cafeidilico.com

      Excluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!