In text

Uma Conversa sobre Saudade.

imagem: www.motivacaoefoco.com.br

Saudade é um sentimento universal, presente em todas as línguas, nações e corações. O termo tende a ter uma relação de primeiro grau com nossas memórias trazendo a tona experiências, momentos, pessoas… e o que nos é gerado é nostalgia que na maioria das vezes resulta em tristeza.

Saudade segundo o site Significados, tem sua origem do latim e significa solidão, mas pode ser definida como “distância ou ausência de algo ou alguém”.

Hoje para algumas famílias é um dia de relembrar momentos e matar um pouco a saudade da memória daqueles que já se foram. Talvez você não goste de relembrar, mas às vezes necessitamos enfrentar para nos libertar da tristeza que repentinamente aparece em nossos corações.

Afinal a saudade gera doença. Me recordo de um tio que foi morar em outra cidade e acabou não suportando a saudade e faleceu, ele era tão querido. É importante saber que quando a saudade aperta necessitamos tomar uma ação porque de um minuto para o outro pode ser tarde demais.

Lembra qual foi a memória mais feliz com aquele ente, ou amigo? Você por acaso se lembra de quais eram as características da pessoa ou até mesmo as manias que você mais gostava?

As lembranças nunca se apagam e a saudade não perde o sustento se cultivamos da melhor maneira possível, ainda que doa. Recebemos um depoimento que ilustra a saudade sobre a ausência de um alguém muito importante.

“Eu o amo, e disso eu não tenho dúvidas. Cresci sem tê-lo presente na minha vida, e só eu sei o quanto isso me machucou, e vem machucando até hoje. Lembro que, nas apresentações de dia dos pais, enquanto eu cantava a música ensaiada por várias semanas, olhava para o portão da escola e esperava ansiosamente para ele aparecer. O que não aconteceu em nenhum dos meus anos letivos.
Sinto falta dele, mas entendo que as circunstâncias da vida o fizeram mudar de cidade e se afastar de mim. Hoje, quando temos a oportunidade de nos ver, damos aquele abraço apertado, mas não é a mesma coisa. Ele é meu pai, eu sei, mas às vezes é como se ele fosse um estranho para mim. Uma pessoa totalmente nova, que não conhece as coisas básicas na minha vida, como a minha idade.
A saudade existe, e ela dói. A falta que sinto de ter um pai presente, chega a corroer meu coração e me faz pensar que nunca, em hipótese alguma, eu quero que alguém ao meu redor sinta isso”. Nicoli Maia

Com fins de desabafo e conversas esporádicas sobre saudade criamos o formulário abaixo para você que necessita falar com alguém sobre sua saudade. Sinta-se a vontade, pois o sigilo é absoluto.


Posts relacionados

2 comentários:

  1. Oi Victor
    Quando era criança aprendi que a palavra "saudade" só existe no nosso dicionário... Independente disso ser verdade ou não, achei o texto acima muito bonito. Eu sinto saudades e muitas, uma saudade que nunca vai passar, por mais que o tempo passe - pois depois que perdi meus pais, que foram sempre presentes na minha vida, sei que a saudade que sinto deles será eterna.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  2. Oi Victor!
    Que texto mais lindo. Saudade é um sentimento tão louco né? Sentimos saudades de pessoas, de tempos, e até de nós mesmos.
    Adorei, texto tocante.
    Beijos
    http://pausaparapitacos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!