In dicas Eduarda Graciano filmes/séries

Os 3 Knightleys contemporâneos


 Quem é Darcy na fila do pão, não é mesmo? 
 Como eu disse na semana passada na minha resenha de Emma (clique aqui para acessar e descobrir do que se trata a história), o Sr. Knightley é de fato o meu mocinho austeniano favorito. Sei que não só meu. Seu sarcasmo, sua sensibilidade, seus conselhos e repreensões, seu jeito protetor com a Emma são só alguns dos vários motivos para amá-lo.

  Esse romance foi adaptado pela primeira vez em 1948 num filme para TV e o ator Ralph Michael deu vida ao mocinho. Desde então, pudemos vê-lo "em carne e osso" algumas vezes mais,  interpretado por Paul Daneman, John Carson, Jeremy Northam (o mais famoso), Mark Strong e Jonny Lee Miller (sem pestanejar meu favorito na minha adaptação favorita ever da Jane Austen). 
  Mas desde 1995, no filme teen As Patricinhas de Beverly Hills, tivemos a oportunidade de ver esse herói vivendo nos dias atuais nada menos do que três vezes. Vamos, então, falar um pouquinho sobre essas três versões de George Knightley... "atualizados", mas nem por isso menos cavalheirescos.

Josh Lucas

Resultado de imagem para josh clueless
Paul Rudd é Josh em As Patricinhas de Beverly Hills (Paramount Pictures, 1995)

 
Cher Horowitz (Alicia Silverstone) é uma garota de grande coração, mas muito superficial. Por conta disso, vive ouvindo sermões de seu ex irmão-postiço Josh (a mãe de Josh foi casada com o pai de Cher), que está sempre em sua casa por conta de estudos com o ex padrasto. 
 Mimada pelo pai, adorada por todos os garotos, invejada pelas garotas, Cher e a melhor amiga Dionne (Stacey Dash) ditam a moda no colégio. Quando Tai (Brittany Murphy) se transfere para lá, Cher pega para si a missão de transformar a novata em uma nova garota.

 Se bem me recordo, quando assisti pela primeira vez, não ficou muito claro para mim que o Josh já era apaixonado pela Cher. Das três adaptações, acho que Clueless (no original) é a mais carente de romance - não que isso seja ruim. O filme é centrado em Cher (bem como o próprio romance Emma) e em sua vida como it girl na Beverly Hills dos anos 90. Grande parte da história se passa no colégio e Josh, como um universitário, fica um pouco de lado na história.
 Paul Rudd é certamente o Knightley mais fofo! Mas também, olha essa carinha, né gente? Confesso que o acho mais lindo ainda agora, com quase 50 anos (continua com cara de menino), do que há 22 anos atrás.

Imagem relacionada
Pausa pro suspiro




Não me lembro se em algum momento do filme ficamos sabendo sobre a condição social do Josh. Emma é o único romance da JA em que a mocinha e o mocinho pertencem à mesma classe. Ambos têm dinheiro, mas em sua posição de homem e senhor de Donwell Abbey, fica claro que o Sr. Knightley tem um pouco mais de poder.
 Ao contrário do Arjun e do Alex, o Josh não anda na moda e às vezes parece até um pouco desleixado no quesito vestimenta. O Sr. Knightley não é mesmo alguém apegado às aparências, mas quando comparamos, percebemos que exageraram um pouquinho no Josh sobre isso.
  Claro que o personagem não perde a essência e, mesmo sendo o mais meigo dos Knightley, ainda nos divertimos vendo ele censurar a Cher.
  Obs: essa versão tem o must do Frank Churchill (Christian, no caso, interpretado por Justin Walker) assumidamente gay, uma teoria que existe mesmo no mundo austeniano.


Arjun Burman

Abhay Deol é Arjun em Aisha (PVR Pictures, 2010)

Aisha Kapoor (Sonam Kapoor), aos 20 e poucos anos, está no auge de sua vida e tem tudo do bom e do melhor. Com a melhor amiga Pinky (Ira Dubey), ela frequenta os melhores eventos e locais da sociedade indiana.
  Quando conhece a inocente Shefali (Amrita Puri), Aisha tenta de todas as formas transformá-la numa lady e impedí-la de entregar seu coração a qualquer rapaz.


 Como não poderia deixar de ser, Arjun é a pessoa que mais pega no pé de Aisha. Eles têm uma amizade engraçada. São amigos e vizinhos desde sempre - e agora que o irmão dele se casou com a irmã dela, são família - e mesmo assim vivem brigando, já que ele aparentemente vive para lhe dar sermões. 
  Mas ao contrário (da minha percepção) em Clueless, são bem claros os sentimentos dele pela Aisha desde o começo. E diferentemente de qualquer outra adaptação que eu tenha visto, se em alguma ficamos na dúvida sobre os sentimentos dela por ele, em Aisha essa dúvida não existe. Mesmo na versão original Emma só se dando conta de seus sentimentos quando corre o risco de perdê-lo, em Aisha temos olhares e claras demonstrações de ciúmes bem menos sutis da parte dela durante toda a história, o que faz desse filme uma Comédia Romântica raiz.
  Inclusive, tenho intenção de falar mais desse filme em outros momentos por aqui...
                                                           
Resultado de imagem para aisha 2010 gif
As implicâncias e o carinho marcam a relação

  Diferentemente de Josh, nosso Knightley índico anda sempre muito bem vestido, inclusive com roupas de marca (como Aisha atesta em certo momento). O vemos quase sempre de terno. Arjun se mostra muito centrado, comprometido e mesmo frequentando eventos importantes e tomando parte nos momentos de diversão, é um homem de negócios que leva o trabalho bastante a sério.
  A característica de Arjun que o afasta do Sr. Knightley é o fato de ele, aparentemente, gostar de dançar. Mas é claro que, pelo que conhecemos de Bollywood, que indiano fajuto ele seria se não fosse assim, certo? 



                                                 Alex Knightley

Brent Bailey como Alex em Emma Approved (Pemberley Digital, 2013)

Emma Woodhouse (Joanna Sotomura) é uma jovem empreendedora que trabalha com consultoria em qualidade de vida. Ela tem uma vivacidade que contagia e ama fazer todos felizes.
 Por meio de um vlog, registra o dia-a-dia em sua empresa, onde trabalham também seu sócio e amigo de longa data, Alex, e sua mais nova assistente e amiga, Harriet (Dayeanne Hutton), a quem Emma pretende transformar em seu mais bem sucedido projeto.

   Com um formato totalmente diferente de qualquer adaptação, Emma Approved traz uma protagonista conversando diretamente com o espectador. Isso nos aproxima muito da história e acho que nos faz vibrar pelos protagonistas mais do que nunca.
  Alex Knightley está presente em 52 dos 72 episódios dessa websérie (pra quem acompanhou a adaptação de Orgulho e Preconceito - The Lizzie Bennet Diaries - pela mesma produtora, sabe que isso é MUITA coisa haha) e apesar dos Eltons e Franks da vida não há a menor possibilidade de não torcer por ele que, notamos, está head over heels há um bom tempo.

Resultado de imagem para emma approved gif
Nem só de broncas vivem Knightley e Emma
  Alex Knightley, mostrado o tempo todo em seu ambiente de trabalho, parece ser o mais nerd dos três (mais do que Josh). Essa impressão é mais forte ainda pelo fato de ele ser o responsável pela parte contábil e numérica da empresa. É quase, metaforicamente, como se ele fosse a razão e ela a sensibilidade emoção da história.
  Muito pé no chão e sensato, é claro, ele não tem papas na língua na hora de repreender a Emma e chega a fazê-la chorar mais de uma vez. Sabemos que isso é só porque ele se preocupa com ela como ninguém e teme que ela se machuque em sua insensatez.
 Comecei o post dizendo que o Josh do Paul Rudd era o mais fofo, mas já estou mudando de ideia conforme vou me lembrando do Alex do Brent Bailey. Como eu disse, acredito que a proximidade que o formato de vlog da websérie nos dá com os protagonistas contribua para isso. Em nenhum momento duvidamos da veracidade da história e dos personagens. Em praticamente todos os episódios a gente termina querendo guardar o Alex num potinho!
  Pra fechar preciso dizer: que química tem esse casal!



Cher, Aisha e Emma: as 3 Emmas contemporâneas
  Respeitando a ideia do livro, os 3 Knightleys têm em comum o fato de serem mais velhos do que suas respectivas Emmas. Ainda que em nenhuma dessas adaptações fique clara de quantos anos é essa diferença, sabemos que não são as quase duas décadas que os separam na obra original (George Knightley é 16 anos mais velho do que a protagonista). 
  Pros curiosos, os atores desse post têm entre si 7, 9 e 1 ano e meio de diferença entre seus pares, respectivamente. Muito pouco se compararmos com a adaptação de 72, em que a diferença entre os atores era de 25 anos!

  Emma não é prioritariamente uma história de amor, e acho que suas transposições para o cinema/tv/internet o fazem mais romântico do que de fato é. Entre os que eu cito aqui, como já disse lá em cima, acredito que As Patricinhas de Beverly Hills seja o menos romântico, mesmo que Aisha não tenha uma cena de beijo (essa cena foi gravada, mas a direção decidiu cortá-la depois).   
  Sinceramente, as declarações de amor do Arjun e do Alex são de derreter e fazem com que Aisha e Emma Approved deixem Clueless no chinelo nesse aspecto.

  Não é segredo pra ninguém meu amor e veneração pela Jane Austen. Emma é só mais uma de suas histórias maravilhosas que inspiram, fazem refletir e, acima de tudo, aquecem o coração!
  Se vocês fuçarem no meu Filmow (podem fuçar clicando aqui) verão que as três obras estão lá nos meus favoritos. Amo absurdamente essas adaptações e mesmo tendo, assumidamente, um fraquinho maior por Aisha, eu recomendo todas do fundo do meu coração!
  Se depois de Alex, Arjun, Josh ou qualquer versão de George Knightley vocês ficarem arruinadxs para os boys da vida real, a culpa não é minha, é todinha da Jane!

Posts relacionados

7 comentários:

  1. Oi, Eduarda!
    Adorei seu post. Acho que Emma não é tãão conhecida assim do povo, por isso nem reconheci o mocinho. Só sei que amo Paul Rudd hahahha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Vou procurar essa adaptação de Emma. Eu adorei a adaptação de O&P

      Excluir
    2. Eu amo a Emma demais! hehe
      Essa última tem legendado no youtube. Os epis são curtinhos! Vale super!
      Bjss

      Excluir
  2. Oi!! Ainda não li Emma, amo o Darcy, mas tem espaço para todos no meu coração. Kkkkk Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  3. Como AMO tudo relacionado a jane Austen, já vi As Patricinhas de Beverly Hills. mas não conhecia Arjun. Emma Approved já ouvi falar, mas ainda não assisti. Como não podia deixar de ser gostei bastante do seu post, colocando aqui as características mais marcantes do Sr. Knightley (nossa, bateu uma vontade de re-ler o livro). Já vi muitos filmes e séries baseados em Emma, principalmente as da BBC. Amo tudo relacionado a Jane Austen.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Que delícia ler isso! Eu amo encontrar outras Janeites por aí...
      Beijão! ♥

      Excluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!