In dicas Eduarda Graciano

As 5 melhores leituras de 2017


E aí gente bonita? Vim compartilhar com vocês minhas melhores leituras do ano passado. Eu ia dizer que não, mas quando terminei o post, percebi que estão mesmo em ordem de preferência (ordem regressiva).



O Senhor das Moscas


Esse livro foi o primeiro que eu resenhei aqui no blog. Clique aqui para relembrar minhas considerações sobre essa excelente e angustiante leitura.

 Sinopse: Um grupo de crianças e adolescentes, após um acidente, vai parar em uma ilha deserta. Os jovens, aos poucos, vão se reunindo num grande grupo. Em assembléia, designam um líder. Longe dos códigos que regulam a sociedade dos adultos, esses jovens terão de inventar uma nova civilização alicerçada exclusivamente nos recursos naturais da ilha e em suas próprias fantasias.



As Meninas

Imagem relacionada



O único da lista que não tem resenha aqui (quem sabe um dia). O único nacional também. 
A obra de Lygia Fagundes Telles se passa durante a época da Ditadura Militar e segue três jovens amigas que moram num internato de freiras e compartilham com o leitor, cada uma através de seu fluxo de consciência, seus conflitos e angústias.

 Sinopse: Num pensionato de freiras paulistano, em 1973, três jovens universitárias começam sua vida adulta de maneiras bem diversas. A burguesa Lorena, filha de família quatrocentona, nutre veleidades artísticas e literárias. Namora um homem casado, mas permanece virgem. A drogada Ana Clara, linda como uma modelo, divide-se entre o noivo rico e o amante traficante. Lia, por fim, milita num grupo da esquerda armada e sofre pelo namorado preso.
 "As Meninas" colhe essas três criaturas em pleno movimento, num momento de impasse em suas vidas. Transitando com notável desenvoltura da primeira pessoa narrativa para a terceira, assumindo ora o ponto de vista de uma ora de outra das protagonistas, Lygia Fagundes Telles constrói um romance pulsante e polifônico, que capta como poucos o espírito daquela época conturbada e de vertiginosas transformações, sobretudo comportamentais.



 Anne de Green Gables



Velho conhecido de vocês. Estou resenhando a série de oito livros (clique aqui para acessar a resenha desse e aqui para acessar a última resenha) e apesar da Anne ter um lugar fixo no meu coração, nenhum dos outros livros que contam a história dessa ruivinha me cativou como o primeiro! 

 Sinopse: Uma menina de 11 anos, com cabelos ruivos, sardas e uma mente tão perspicaz quanto a de um cientista em busca de conhecimento, chega a uma terra onde as tardes são calmas; os pores do sol alaranjados; as florestas aconchegantes; e os rios suaves, como o ritmo do povoado. Sua boca é uma matraca, e seus sonhos são maiores que moinhos de vento. Anne vai crescendo e crescendo, e de patinho feio revela-se um elegante e atento cisne, pronto para abrir suas asas e voar para além das veredas. Mas a vida é feita de artimanhas, e a garotinha adotada pelos irmãos Marilla e Matthew tem algumas cercas a pular, sem jamais deixar seus sonhos desvanecerem, como algumas criaturas fazem.



Psicose


Uma grata surpresa no ano de 2017! Sou super fã do Hitchcock e do filme Psicose, mas nunca me interessei em ler a obra original. No meu preconceito, fiquei imaginando que nem chegasse aos pés da adaptação. Ledo e feliz engano!
Clique aqui pra ler a resenha desse suspense de primeira!

 Sinopse: Psicose, de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O protagonista Norman Bates, assim como Gein, era um assassino solitário que vivia em uma localidade rural isolada, teve uma mãe dominadora, construiu um santuário para ela em um quarto e se vestia com roupas femininas. Em 'Psicose', Bloch antecipou e prenunciou a explosão do fenômeno serial killer do final dos anos 1980 e começo dos 1990. O livro, assim com o filme de Hitchcock, tornou-se um ícone do horror.



The Virgin Suicides


 Esse foi meu favorito do ano. Resenhei para a campanha Setembro Amarelo, então já sabem que é uma leitura pesada. Deprê e trágica do jeitinho que eu gosto.
 Clique aqui para recordar os acontecimentos que mudaram a vida de todos as pessoas ligadas à Mary, Therese, Lux, Bonnie e Cecilia.

 Sinopse: O mais chocante sobre as irmãs Lisbon é o quão normal pareciam quando sua mãe lhes deu permissão para irem ao único encontro de suas vidas. Vinte anos depois, suas personalidades enigmáticas estão guardadas nas memórias dos garotos que as idolatravam e agora recordam a época da adolescência: o sutiã sobre um crucifixo que pertencia à promíscua Lux; a aparência deslumbrante das irmãs na noite da formatura; e a rua abafada e sonolenta através da qual eles assistiram a desintegração de uma família e ao desaparecimento de vidas frágeis.   



   E vocês, quais livros mais gostaram de ler no ano de 2017?



  Obs: Lembrando que tem uma promoção rolando na página do blog no face. Quem participar estará concorrendo a uma cópia do último lançamento do John Green. O sorteio rola no dia 15 e é preciso ter facebook, viu?
  Clique na imagem abaixo para saber como participar e boa sorte! 

             
                                Resultado de imagem para tartarugas até lá embaixo

Posts relacionados

21 comentários:

  1. Oi, Eduarda!
    Menina, não li nenhum dos livros que você selecionou, mas não duvido nada que eles tenham sido maravilhosos!
    Sobre a história lá na playlist, eu que invento mesmo baseada nas músicas que escolhi hahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei todos. Recomendoooo!
      Entendi. kkkk Super fofa a historinha!
      Bjss

      Excluir
  2. Oii Eduarda, tudo bem? amei a sua lista e apesar de não ter lido nenhum desses que vc citou, tenho muita curiosidade em ler As virgens suicidas, deve ser realmente um livro incrível.
    -Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Eduarda! Eu ainda não li nenhum da sua lista, mas quero conferir o do John Green, o tema parece bem interessante!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O do John Green eu também não li, mas só o nome já me deixou curiosa. rs

      Excluir
  4. Quero muito ler "O senhor das moscas", peguei inclusive no kindle, de Lygia Fagundes Telles digo o mesmo, preciso ler uma autora brasileira super importante e eu aqui sem ter lido. Sobre Anne, finalmente vi a série da Netflix e estou LOUCA para ler esse livro, a Anne é MARAVILHOSA!

    Jaci
    Uma Pandora e Sua Caixa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito da Lygia (mais ainda dos contos) e, bom, Anne... ♥ a série é meu xuxuzinho, o livro ainda não superou! rs

      Excluir
  5. Gostei das suas leituras Eduarda. Já li As Virgens Suicidas e curti bastante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Eduarda

    Ótimas as suas escolhas, são livros com um conteúdo bem aclamado. Eu não li nenhum desses ainda, mas quero muito ler As Virgens Suicidas, já assisti ao filme e gostei bastante, o livro com certeza é ainda melhor.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Tami. O livro é fantástico!
      Beijo!

      Excluir
  7. Oi Eduarda.
    Adorei suas dicas, e muitos estão na minha lista como Psicose - que adoro o filme e a série de tv - e As Virgens Suicidas. Essa da Anne, eu peguei uma versão na Amazon, espero conseguir ler esse ano.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Dos livros citados acima só li As Meninas de Lygia Fagundes Telles. Tenho vontade de ler Psicose, que conheço pelo famoso filme.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  9. Oi, Eduarda. Eu acho que só conheço os dois últimos livros, você tem um gosto diferente do meu para livros, achei isso bem legal. Eu tenho Psicose mas nunca li, pretendo muito fazer isso um dia.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Miriã. Bom que vc leva isso numa boa rs.
      Leia sim, é maravilhoso!
      Bjs

      Excluir
  10. Oi Eduarda!
    Eu AMO As Virgens Suicidas. Que livro sensível e bonito (apesar da história tão triste).
    Senhor das Moscas e Psicose são mesmo muito bons, mas eu continuo preferindo o filme do Hitchcock hehehe.
    Beijos,
    Alem da Contracapa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei na dúvida viu... fui rever o filme e parece que achei o livro melhor.
      Não devia ter visto tão perto da leitura. hehe
      Bjs

      Excluir
  11. Oi Eduarda!
    Dos citados só li As Virgens Suicidas e não funcionou muito pra mim. Mas tenho muita vontade de ler Psicose.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena!
      Mas Psicose também vale. ♥ Vai fundo!

      Excluir

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!