In Meicy Lins resenha.

The Bold Type: Sucesso, amor, empoderamento, e amizade!


Título: The Bold Type
Gênero: Comédia Dramática
Criador(a): Sarah Watson
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Emissora: FreeForm
Exibição: 11 de julho de 2017
Número de temporadas: 1(2 e 3 confirmadas)

"Três amigas se unem para conquistar o sucesso em Nova York, batalhando para fazer seus sonhos resistirem ás realidades da vida, e, quando têm um tempo livre, procurando o amor verdadeiro. Jane foi recentemente promovida a redatora da Scarlet Magazine, um periódico renomado focado em estilo de vida. Mesmo sendo tão apaixonada pelo que faz e determinada a ter sucesso, Jane por vezes hesita perante os desafios da vida na cidade grande. Por sorte ela conta com a ajuda da amiga Kat , a diretora de mídia social da empresa, que é destemida e ousada. Sutton é a última das três a ocupar o cargo de assistente, mesmo sempre trabalhando até a exaustão. Pelo menos o trabalho lhe distrai do segredo que precisa esconder das amigas. As três trabalham sob a guarda da editora chefe Jacqueline , que comanda a revista equilibrando dureza e cuidado com suas subordinadas. Elas dividem a redação com Alex, que só aceitou o emprego depois de perder a vaga dos sonhos em outra publicação, e Richard , um membro do conselho retor e advogado da revista - e conquistador".

Comecei esta série recentemente e só tenho uma coisa a dizer, estou completamente apaixonada! The Bold type é uma série feita de mulheres para as mulheres (o que não quer dizer que homens não possam assistir) recomendo e afirmo que irão encontrar em cada episódio uma lição de superação e luta. O primeiro episódio aborda a promoção bem merecida de Jane (Katie Stevens), uma das protagonistas (minha preferida) e os desafios que ela precisa superar nesse novo nível da sua carreira, Jane é super fofa e apaixonada pela escrita, está sempre tentando provar que mereceu aquela promoção, ao passo em que encontra dificuldades para deixar sua marca como escritora. Não pude deixar de me identificar com ela e as suas lutas internas, afinal, a garota não está acostumada com a vida na cidade grande e carrega consigo um passado de decepções amorosas que muitas vezes interferem na sua profissão.

Kat (Aisha Dee) é uma das melhores amigas de Jane, ousada e volátil, a garota é a força do trio e está sempre disponível para ajudar as amigas. Diretora das mídias sociais da revista Scarlet, ela carrega a difícil missão de divulgar a empresa, o que na maioria das vezes acaba se tornando um fardo, principalmente quando ela acaba expressando suas opiniões e causando muito “murmurinho” nas redes sociais. Apesar de ser considerada mimada pelas próprias amigas, e sempre acabar falando mais do quê devia, Kat é fascinante, é impossível não acabar se apaixonando por sua personalidade "explosiva" e destemida.

A terceira protagonista é Sutton (Meghann Fahy), a garota aprendeu a trabalhar desde muito jovem para ajudar a mãe problemática, e acabou esquecendo-se de lutar por seu sonho de trabalhar com moda. Agora trabalhando como assistente, ela vê no emprego a estabilidade financeira que precisa, mesmo que isso não lhe traga felicidade e realização pessoal. Até que uma vaga de emprego surge na área da moda, agora ela precisa decidir o que realmente importa, a chance de conquistar seu emprego dos sonhos ou a renumeração que ela está acostumada, isso enquanto esconde das amigas e dos colegas de trabalho, seu romance secreto com Richard (Sam Page), um dos membros do conselho. Por mais que The Bold Type não aborde exclusivamente o romance do casal, é impossível não se encantar com eles, afinal, o que seria mais bonito que o clichê do romance proibido entre uma secretária e um rico empresário?

A série aborda temas polêmicos como a sexualidade feminina, o cyberbullying e o empoderamento, de um jeito divertido e leve que me fez desejar maratonar uma temporada inteira em um dia. The Bold Type me conquistou no episódio piloto, e não tenho dúvidas que conquistará você também, principalmente se você gosta de séries com protagonistas determinadas e fortes que lutam por seus direitos e pelo sucesso profissional, sem deixar de lado o romantismo e a feminilidade.

Posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!