In Eduarda Graciano resenha

A noite dos mortos vivos e a volta dos mortos vivos, John Russo.


Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana. O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide trouxe para o Brasil. | John Russo – DarkSide Books – 320 Páginas – Ano 2014 (Originalmente em 1974) – Literatura estrangeira, romance, horror.




O livro é composto por duas histórias. Na primeira delas conhecemos os irmãos Bárbara e Johnny, que quando foram visitar o túmulo do pai, não imaginavam que o aparecimento de um homem que não corria e nem falava culminaria na morte de Johnny e na noite mais assustadora da vida de Bárbara.

Na segunda história, que se passa na mesma realidade dez anos depois dos acontecimentos da primeira, Bert Miller e suas três filhas precisam deixar às pressas o velório de uma criança para saírem em buscas dos mortos num acidente de ônibus que aconteceu ali perto, pois precisam enfiar uma estaca em suas cabeças antes que seja tarde.

O tipo de livro que não dá pra largar e dá aquele friozinho na espinha, por mais que se trate de um tema que, quando se fala de sustos e medo, seja visto como bobo. Não sei se por se tratar originalmente do roteiro de um dos melhores filmes de zumbis de todos os tempos, uma história bastante original, essa obra dá uma sensação de singularidade incontestável. Li menos livros de zumbis do que gostaria, mas nunca li nada parecido com esse, que é de longe o melhor! Não só os personagens, cenários e circunstâncias são interessantes, como a narrativa é eletrizante!

Fui sem nenhuma expectativa, porque livros de horror, ao menos na minha experiência, são difíceis de manter o ritmo e agradar no final. A Noite dos Mortos Vivos e A Volta dos Mortos Vivos cumpre o que promete. O livro, que foi adaptado pelo próprio roteirista do clássico de George Romero, merece cinco estrelas sem pestanejar!

Obs: Como sempre, a DarkSide Books reforçando qualquer experiência com essas edições lindas. Páginas pretas... adoro!





Posts relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita! =] Volte sempre, com certeza teremos novidades quentinhas pra você!